home notícias

Secretaria de Agricultura realiza programação voltada ao meio ambiente

A Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente está realizando nesta quinta-feira e sexta-feira uma programação em alusão à Semana do Meio Ambiente. As ações estão sendo realizadas na sede da Secretaria e são abertas ao público.

O evento conta com feira de mudas, atividades de educação ambiental realizadas pelo Departamento de Meio Ambiente e pelo SESC, demonstrações das atividades do Viveiro Municipal de Mudas e do Comitê Tijucas Biguaçu e exposição de bonsais da Bonsai Zen.

Hoje pela manhã, duas turmas de alunos do C.E. Professor Manoel dos Anjos visitaram a Secretaria. Eles assistiram a uma sessão de cinema educativo do SESC, aprenderam como fazer compostagem em casa e participaram de um plantio simbólico de mudas de garapuvu, árvore característica da região. Durante todo o dia de hoje e amanhã, sexta-feira, outras escolas também vão visitar a feira.

O prefeito Eloi Mariano Rocha recebeu as crianças e conversou com elas a respeito da importância da conscientização sobre a importância do meio ambiente. “Muita gente não dá valoriza esse tema, mas vocês são crianças inteligentes e eu sei que o comportamento de vocês é outro. Levem o que estão aprendendo aqui para a vida de vocês e os seus pais”, pediu o prefeito.

O secretário José Leal Silva Junior também acompanhou as ações durante a manhã. “Estamos com muitos atrativos, uma programação excelente. Já tem bastante gente procurando a feira de mudas. É muito bacana ver essa movimentação em torno do meio ambiente. Convidamos a todos para prestigiar o evento hoje e amanhã durante todo o dia”.

O evento é realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente, com apoio da Mondini Plantas, Bonsai Zen, SESC, Comitê Tijucas Biguaçu e Jornal Razão.

 

Fonte:PMT

OUTRAS NOTÍCIAS

18/09/2018
PSE promove ações de conscientização sobre o combate ao Aedes aegypti
As secretarias municipais de Saúde e Educação de Tijucas estão realizando ações de conscientização sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti. As conversas sobre o tema acontecem com alunos do 1º ao 4º ano de escolas municipais atendidas pelo Programa Saúde nas Escolas (PSE). A dengue é uma doença que preocupa os órgãos de saúde do Brasil há muito tempo e está presente em praticamente todo o território nacional. Seu transmissor é o mosquito Aedes aegypti, que também transmite outras doenças, como a Chikungunya e Zika. “Estamos incentivando os alunos no combate à proliferação do mosquito através conversas, debates e vídeos animados que abordam o tema. Queremos engajá-los em cuidados simples como coleta do lixo e tudo que possa acumular água limpa e parada, originando os criadouros do mosquito”, comenta a coordenadora do PSE, Andréa Agripo. "No momento não há casos de dengue no município, mas o combate ao mosquito independe disso e precisa ser uma prática constante de todos nós", afirma o Secretário de Saúde Vilson José Porcíncula. Fique atento a estas informações:  - Só as fêmeas do Aedes aegypti picam as pessoas. Elas precisam de sangue para amadurecer os ovos.  - Cada fêmea deposita mais de 100 ovos por vez nas paredes internas dos recipientes.  - Os ovos podem durar um ano e meio na parede seca do recipiente, mas precisam do contato com a água para se transformarem em mosquitos adultos.  - Eliminar os criadouros e não deixar o mosquito nascer é a principal medida contra as três doenças.  - É importante permitir e acompanhar a visita do agente de saúde na sua casa.   Fonte:PMT
SABER MAIS

Peça sua Música

Por favor preencha todos os campos

Contato enviado com sucesso

Top