home notícias

Projeto Jovem Vereador pode se tornar realidade em Tijucas

Após uma rápida visita à Escola do Legislativo catarinense, na manhã de terça-feira (12), os vereadores Vilson Natálio Silvino (PP) – atual presidente da Câmara – e Écio Hélio de Melo (PP), retornaram a Tijucas com a perspectiva de implantar o projeto Jovem Vereador no Município. Idealizado pela Assembleia Legislativa do Estado (ALESC), o projeto busca aproximar Câmara de Vereadores e escolas, mostrando aos estudantes o papel da Administração Pública.

Para tornar a ideia realidade, o Presidente da Câmara levará a proposta aos diretores das escolas (municipais, estaduais e particulares), revitalizando uma parceria entre o Parlamento e a área da Educação. Uma vez aceita, outras fases do processo entram em andamento.

A expectativa é que o projeto seja realizado com adolescentes com idades entre 13 a 16 anos. A faixa etária é uma sugestão da própria Escola do Legislativo. A vantagem, segundo o presidente da instituição, Jonianderson Menezes, está na autonomia que os adolescentes possuem para comparecer às sessões da Câmara, característica que facilita a presença e a participação nas atividades.

Para auxiliar na implantação do programa, servidores da Escola do Legislativo dispuseram-se a vir ao Município para conversar e explicar o projeto aos alunos. Além disso, a ALESC também está disposta a oferecer cursos de formação continuada para subsidiar o exercício da função de Jovem Vereador. Entre as estudos abordados estão a oratória; o papel do vereador; a Constituição Federal, Estadual e Municipal e o Poder Legislativo.

Processo eleitoral
Para fazer com que os alunos tenham uma experiência completa sobre o processo eleitoral, envolvendo desde a candidatura até a posse, a Câmara pretende entrar em contato com o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) para poder utilizar as urnas eletrônicas no processo. 

Fonte CMVT

OUTRAS NOTÍCIAS

22/05/2019
Mulher usa doença de criança para arrecadar dinheiro sem permissão da família em Canelinha
Amanda Grimes, mãe do menino Isaac, de apenas dois anos, usou suas redes sociais para denunciar um crime absurdo. Uma mulher aproveitou que a família do garoto está organizando um bingo e passou pela cidade de Canelinha, onde Isaac reside, pedindo brindes em nome do garoto. Diversos estabelecimentos comerciais, empresários e até mesmo taxistas doaram quantias em dinheiro, pensando que os objetos serviriam para custear o tratamento contra uma doença rara, a Dermatose Bolhosa IgA. A mãe descobriu a fraude quando passou pelas lojas e foi surpreendida pelos empresários, que já haviam contribuído para a causa e estranharam o pedido repetido. "Alerto para que todos os empresários, taxistas, donos de lojas ou qualquer estabelecimento comercial de Canelinha não entreguem brindes para o bingo do Isaac, para qualquer pessoa que não tenha em mãos o ofício assinado por mim durante a retirada do brinde", ressaltou Amanda. Isaac sofre de Dermatose Bolhosa IgA, uma doença rara que aparece em crianças após 6 meses de idade, com picos de incidência aos quatro e cinco anos, com duração de até 4 anos. Inconformada com o ato, a mãe ainda pede desculpas pelo acontecido. "Sei que doaram de bom coração e com certeza essa pessoa pagará a Deus por se aproveitar da saúde de um anjo para se beneficiar". O bingo em prol do menino acontecerá no dia 08/06, às 15h30, no Galpão do Campo dos Veteranos do Moura, em Canelinha. Mais informações pelo 48 9942-3524.   Fonte G.M
SABER MAIS

Peça sua Música

Por favor preencha todos os campos

Contato enviado com sucesso

Top