home notícias

Projeto Jovem Vereador pode se tornar realidade em Tijucas

Após uma rápida visita à Escola do Legislativo catarinense, na manhã de terça-feira (12), os vereadores Vilson Natálio Silvino (PP) – atual presidente da Câmara – e Écio Hélio de Melo (PP), retornaram a Tijucas com a perspectiva de implantar o projeto Jovem Vereador no Município. Idealizado pela Assembleia Legislativa do Estado (ALESC), o projeto busca aproximar Câmara de Vereadores e escolas, mostrando aos estudantes o papel da Administração Pública.

Para tornar a ideia realidade, o Presidente da Câmara levará a proposta aos diretores das escolas (municipais, estaduais e particulares), revitalizando uma parceria entre o Parlamento e a área da Educação. Uma vez aceita, outras fases do processo entram em andamento.

A expectativa é que o projeto seja realizado com adolescentes com idades entre 13 a 16 anos. A faixa etária é uma sugestão da própria Escola do Legislativo. A vantagem, segundo o presidente da instituição, Jonianderson Menezes, está na autonomia que os adolescentes possuem para comparecer às sessões da Câmara, característica que facilita a presença e a participação nas atividades.

Para auxiliar na implantação do programa, servidores da Escola do Legislativo dispuseram-se a vir ao Município para conversar e explicar o projeto aos alunos. Além disso, a ALESC também está disposta a oferecer cursos de formação continuada para subsidiar o exercício da função de Jovem Vereador. Entre as estudos abordados estão a oratória; o papel do vereador; a Constituição Federal, Estadual e Municipal e o Poder Legislativo.

Processo eleitoral
Para fazer com que os alunos tenham uma experiência completa sobre o processo eleitoral, envolvendo desde a candidatura até a posse, a Câmara pretende entrar em contato com o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) para poder utilizar as urnas eletrônicas no processo. 

Fonte CMVT

OUTRAS NOTÍCIAS

Peça sua Música

Por favor preencha todos os campos

Contato enviado com sucesso

Top