ÚLTIMAS NOTÍCIAS

18/05/2019
Aumenta fila de transplantes em Santa Catarina
Santa Catarina tem um sistema de transplantes de órgãos humanos considerado modelo no Brasil.As primeiras experiências começaram em 1999, quando o urologista Rogério Moritz dirigia o Hospital Celso Ramos. Cirurgião apaixonado pela profissão, sentia-se angustiado com o crescente número de doentes com problemas crônicos no sistema renal. Como não existiam doadores e muito menos espaço para transplantes, propôs a criação do sistema, com patrocínio do Sistema Único de Saúde. A então primeira-dama, médica Eliane Peressoni Vieira, transformou-se na madrinha do sistema, garantindo o apoio do governador Paulo Afonso. A campanha do grupo NSC “A vida com vida”, deflagrada nesta semana, chegou num momento mais que oportuno. Dados do SC-Transplantes, a entidade oficial que é exemplo no Brasil, revelam que aumentou em quase 20%, de março para abril, a lista de pacientes inscritos na fila para a realização de transplante de rim. Nos três primeiros meses do ano eram 330 e agora são 392. Os pacientes que esperam a doação de fígado para transplantes passou de 23 para 34. Incluindo outros órgãos humanos, a lista passou de 529 doentes em março para 625 em abril. ?Leia também: Campanha reforça necessidade de doações de órgãos ? Ruído no PV Deputado Ivan Naatz (PV) decidiu exonerar duas indicações políticas feitas pelo presidente estadual do Partido Verde, Guaraci Fagundes, que atuavam em seu gabinete. Motivo: o PV tem convenção em junho e está com as contas bloqueadas na Justiça Eleitoral desde 2016. Naatz tenta oxigenar o PV com novas filiações, mas Fagundes nega-se a liberar a senha para o registro de novas filiações.   Fonte NSC
SABER MAIS
17/05/2019
Vigilância Epidemiológica confirma três casos de dengue em Tijucas
A Vigilância Epidemiológica, setor da Secretaria de Saúde de Tijucas que monitora os focos do mosquito Aedes Aegypti, confirmou nesta quarta-feira (15) três casos de dengue na cidade. Para Vilson José Porcíncula, secretário da Saúde, agora a atenção dos moradores deve ser redobrada. “A Secretaria de Saúde de Tijucas solicita apoio da população para acabar com os focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue e também dos vírus da Zika e Chikungunya. Se a população ajudar podemos acabar com a água parada, que é o criadouro do mosquito transmissor”, destaca o secretário. De acordo com o relatório divulgado pela Secretaria de Saúde, 28 casos foram acompanhados pelo órgão, destes, 22 foram descartados como dengue, três casos foram confirmados e três ainda estão sendo investigados. Dos três casos confirmados, dois foram contraídos fora do município (chamados de importados) e um em Tijucas. Segundo Elenize Zimmer dos Santos, coordenadora da Vigilância em Saúde, estão sendo feitas visitas domiciliares, vistoria em terrenos baldios e em locais estratégicos para verificação de possíveis focos. “Todos os moradores deveriam se conscientizar e saber que a responsabilidade de combater o mosquito também é de cada um. Estamos numa zona de risco devido à proximidade com Itapema, onde foi registrado o maior número de casos no Estado. Estamos fazendo tudo que podemos para que os casos não aumentem e contamos com o apoio da população”, alerta a coordenadora. Situação de Itapema A situação de Itapema é preocupante devido à proximidade de 17 km com Tijucas. Ela é a cidade de Santa Catarina com o maior número de pessoas infectadas com o vírus. O número de pessoas contaminadas dentro da cidade são 44. Há ainda um caso de fora e outros quatro ainda sem identificação do local onde os pacientes se infectaram. De acordo com o programa de Controle da Dengue da cidade existem cerca de 330 casos de pessoas que adoeceram e que também podem estar com dengue. Os mesmos ainda estão sob análise. O maior número de focos estaria no bairro Meia Praia e dentro de quintais de residências. A situação é tão grave, que foi montada esta semana uma força-tarefa formada por 90 pessoas, entre funcionários de várias secretarias da prefeitura, Polícia Militar, Bombeiros e Defesa Civil com objetivo de visitar casa por casa para encontrar criadouros do mosquito. Denuncie focos do Aedes aegypti Quando o foco do mosquito é detectado e não pode ser eliminado pelos moradores, como em terrenos baldios ou lixo acumulado na rua, a Secretaria Municipal de Saúde deve ser acionada para remover os possíveis criadouros. Organize um mutirão de combate ao mosquito A mobilização da sociedade é fundamental para vencer a luta contra o mosquito Aedes aegypti. Convoque sua família e seus vizinhos para essa batalha.   Fonte PMT
SABER MAIS
16/05/2019
Prefeito pede providências ao Estado quanto ao Cine Theatro
Embora não esteja sob a responsabilidade do Município, a situação crítica do Cine Theatro Manoel Cruz preocupa o Prefeito de Tijucas, Eloi Mariano Rocha. Na manhã desta quarta-feira (15) ele reuniu secretários, a Procuradoria e a Defesa Civil Municipal para tratar do assunto e encaminhar notificação à Fundação Catarinense de Cultura diante do iminente risco de desabamento do prédio. A situação se agravou nos últimos dias com as fortes chuvas e ventos e, para evitar acidentes, foi preciso fazer novo isolamento nas imediações do prédio. “A situação é crítica e está muito perigoso passar próximo ao prédio. Uma grande rachadura se abriu na parte superior da fachada e caso venha a cair pode resultar em um grave acidente”, alerta a secretária de Cultura, Paula Regina da Silva. Tombado pelo estado em 1988, o imóvel é de propriedade particular e alvo de discussão judicial por se tratar de objeto de herança familiar. Diante disso, a Administração Municipal não pode intervir no local e resta ao município notificar a Fundação Catarinense de Cultura, o que já foi feito nesta quarta-feira (15) pela manhã. “Estamos de mãos atadas e preocupados com a possibilidade de acontecer algo grave naquele local. Já notificamos o Estado e estamos aguardando a vistoria de equipe técnica da Fundação Catarinense para que algo seja feito de imediato”, disse o Prefeito. De acordo com o documento expedido pela Procuradoria do Município, “como se sabe, a obrigação de reparar o bem tombado é do proprietário e na sua impossibilidade, essa obrigação é transferida ao Poder Público, nesse caso, a atuação do Estado, através da Fundação Catarinense de Cultura, ora NOTIFICADA, é a responsável”. Enquanto isso, a recomendação da Defesa Civil, baseada em inúmeros laudos técnicos, é de que as pessoas evitem se aproximar do local. O alerta serve tanto para pedestres como para ciclistas e motoristas de automóveis.   Fonte PMT
SABER MAIS
15/05/2019
EM TIJUCAS: Diversas pessoas são atacadas por cães no centro da cidade
Diversas pessoas foram atacadas por cães de ruas que vivem nas proximidades do fórum de Tijucas. Quem passa pelo local já deve ter percebido ou se deparado com a presença dos animais que atacam principalmente ciclistas, motociclistas e pedestres. Na manhã desta segunda-feira (13), mas uma pessoa se tornou vítima ao ser atacada por um dos cães. Uma mulher que estava de motocicleta foi mordida em uma das pernas. Na semana passada, uma outra mulher que trabalha como segurança no fórum foi mordida por um desses cães. Ainda na mesma semana um pai que estava levando o filho no colégio Cruz e Souza também ficou ferido ao ser atacado por um dos cachorros de rua. As vítimas procuraram os postos de saúde para a vacinação, porém a rede alega não possuir vacinas disponíveis contra raiva. Uma solução também é esperada em relação ao recolhimento dos animais. Segundo informações do Secretário da Saúde Vilson José Porcincula, nunca houve no munícipio esta vacina, porém as vítimas devem procurar a enfermeira Helenize, na vigilância epidemiológica para analisar o caso. Ainda segundo o secretário é necessário o recolhimento do animal, onde o mesmo é observado por aproximadamente dez dias e caso apresente algum sintoma a pessoa infectada é encaminhada para Florianópolis onde receberá a primeira dose da vacina e a segunda dose é encaminhada ao paciente para o município.    Fonte T.E
SABER MAIS

Peça sua Música

Por favor preencha todos os campos

Contato enviado com sucesso

Top